Volume
Redes
Sociais
APÓS 17 ANOS Amaury Jr. volta à Band com Roberto Carlos, Michel Temer e muito champanhe...
30/01/2018 - 19h36 em Novidades

Amaury Jr. está tão feliz de voltar para a Band depois de 17 anos que, ao término de cada novo programa, vai abrir uma garrafa de champanhe para comemorar, só "pelo prazer do brinde". A atração do colunista social estreia neste sábado (27) com convidados ilustres: Amaury vai entrevistar o presidente da República, Michel Temer, e o "rei" Roberto Carlos.Essa é a segunda passagem do apresentador pela Band, onde ganhou repercussão nacional com o programa Flash, de 1983 a 2001. Ele passou os últimos 15 anos na RedeTV!, e, apesar de afirmar que saiu em "absoluta paz e harmonia" da emissora, confessa que não conseguia realizar lá algumas mudanças que já tinha em mente.

 

"Acho que tudo tem um prazo de vencimento. Eu queria fazer um programa semanal em vez de diário, me cansei do dia a dia, mas lá as condições não permitiam. A gente tem a vaidade de falar e ser escutado também, tem um monte de fatores. Pedi para a Band realizar as solicitações que queria. Consegui. É como se estivesse na estreia do meu primeiro programa da vida", conta ele.Para a primeira edição do novo programa, Amaury Jr. conseguiu, com a ajuda de um amigo assessor de marketing, fazer com que Michel Temer abrisse as portas do Palácio do Planalto, mostrasse obras de arte e oferecesse um banquete só para a gravação.Amaury ressalta, no entanto, que a ideia da atração não é falar de política. "Se eu fosse lá para falar de politica, não haveria muito interesse, convenhamos. A Band tem comentaristas e articulistas para isso", pondera. Em vez de temas sérios, o apresentador pergunta, por exemplo, quem o presidente considera o maior símbolo sexual.Perguntas sobre amor e relacionamentos também chegam a Roberto Carlos, outro convidado da estreia. No camarim do cantor, Amaury diz que fica claro que ele ainda sofre de TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), e os dois conversam sobre a busca por uma nova companheira e as gravações com Jennifer Lopez.

 

A noite é uma criança

Nos episódios semanais, sempre a partir das 23h30 dos sábados, o jornalista mesclará entrevistas com famosos (como a dupla sertaneja Maiara & Maraísa e a atriz Christiane Torloni) com reportagens de viagens e quadros especiais. Em um deles, Amaury levará celebridades para jantares em restaurantes famosos do Brasil. Em outro, desvendará curiosidades de bairros famosos, como a Mooca, em São Paulo, e Ipanema, no Rio de Janeiro. No estúdio, ele receberá "personalidades explosivas" para comentar assuntos da atualidade, como assédio sexual. A cobertura de eventos da alta sociedade continua, e os próximos já estão na agenda: Amaury gravará no Baile da Vogue, em São Paulo, e entrevistará famosos no Baile do Copa, no Rio de Janeiro. Aos 67 anos, ele afirma que não está cansado da vida noturna, nem pensa em se aposentar."Sempre cobri a noite, fui meio que adestrado a gostar da noite. É meu campo de prospecção de notícias. As melhores entrevistas que fiz foram durante a noite, faz parte do meu modo de viver. Não me enchi, festa não enche ninguém. Me aposentar? Minha mãe me ensinou que tem que raspar o prato. Ainda tem comida no prato e eu estou morto de fome", conclui.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!