Volume
Redes
Sociais
Cristiano Ronaldo se irrita com elogios a Neymar e pode deixar o Real Madrid
19/12/2017 - 17h54 em Esporte

Cristiano Ronaldo se irritou com elogios de Florentino Pérez a Neymar. Portugês teria falado em deixar o Real Madrid no final da temporada

 

Os rumores que Cristiano Ronaldo está infeliz no Real Madrid e que o craque portugês pode deixar o clube merengue aumentaram nesta semana. Nao é de hoje que o melhor jogador do mundo demonstrou que está insatisfeito, e a saída do clube pode acontecer já no final desta temporada, em junho de 2018.

 

Segundo o programa El Chiringuito, Cristiano Ronaldo ficou irritado com declarações recentes de Florentino Pérez, presidente do clube. Primeiro, o dirigente comparou o portugês ao argentino Alfredo Di Stéfano, um dos maiores ídolos do Real Madrid, onde se destacou na década de 50. Isso aconteceu durante a cerimônia de premiação da Bola de Ouro, onde Ronaldo conquistou o prêmio pela quinta vez. CR7 não gosta de comparações com outros atletas e constantemente se diz o melhor da história.

 

Mas a notícia mais recente é a irritação por elogios do presidente para Neymar . O time merengue já divulgou que tem interesse na contratação do brasileiro, e Florentino Pérez declarou que o atacante do Paris Saint Germain tem mais chances de se tornar o melhor do mundo se jogasse pelo time espanhol.

 

Segundo o El Chiringuito, Cristiano Ronaldo pedirá que o clube reduza sua cláusula de recisão para ficar aberto a ofertas de times que queiram contar com seu futebol. Além disso, pediu para que o Real Madrid considere as propostas que chegarem ao clube antes do início da temporada 2018-2019.

 

"Cristiano Ronaldo quer deixar o Real Madrid até o dia 30 de junho de 2018 e já comunicou ao clube. Já se decidiu. O jogador acredita que precisa de maior carinho do time e que não o valorizam o suficiente", informou o jornalista Edu Aguirre.

 

Maior transferência

Cristiano Ronaldo chegou ao Real Madrid em junho de 2009 após o clube pagar 80 milhões de euros (cerca de R$197 milhões na época) ao Manchester United. A contratação era a maior da história até então. Atualmente o valor já foi superado por outras quatro contratações: Gareth Bale, do próprio Real Madrid, Paul Pogba, do Manchester United,  Ousmane Dembélé, do Barcelona, e Neymar, do Paris Saint Germain.

 

 

COMENTÁRIOS